Após chuvas, vazão do Santa Maria sobe e Rio Bonito volta a operar com 65% da capacidade
X
Pomerana FM Ouça Agora Veja Agora Image Map
Mistura Musical
Marcinete Pereira
de 15h às 17h
Clique para ver a programação completa
Menu

Após chuvas, vazão do Santa Maria sobe e Rio Bonito volta a operar com 65% da capacidade

Vazão do Rio Santa Maria sobe mais de 800% em 1 mês e sai de situação crítica
| Atualizado: 02/12/2016 às 16:53
Compartilhar:
represa-rio-bonito-creditos-anelita-soares-instagram-01-12-16

Represa Rio Bonito voltou a recuperar volume de água após meses sucessivos de queda. Foto: Anelita Soares/Instagram.

Da Pomerana FM: Elton Luiz Victória

As chuvas dos últimos 30 dias colaboraram muito para amenizar a seca em Santa Maria de Jetibá e o final de ano do santamariense promete ser bem mais tranquilo que o cenário enfrentado até meados de outubro, com nascentes secas, rios e represa com pouca água e até irrigação proibida.

Segundo dados do pluviômetro do Centro de Monitoramento de Desastres Naturais (Cemaden), localizado em Vila Jetibá, foram observados 271 mm de chuva em todo o mês de novembro no município.

Após as chuvas, a vazão Rio Santa Maria da Vitória subiu mais de 800% em menos de 3 semanas, saindo de uma situação muito crítica para acima da média. Entre agosto e outubro, o índice de vazão registrado nos três meses ficou em torno de 2 mil litros por segundo. Agora, o volume atual é de 19.124 litros por segundo, volume acima da média histórica para esta época do ano, que é de 18.064 l/s (veja gráfico abaixo), um aumento de mais de 800% comparado com meses anteriores e mais de 400% comparado com novembro de 2015, quando a vazão era de 4.500 l/s.

vazao-rio-santa-maria-30-11-16-agerhPara a Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh) os dados registrados são considerados dentro da normalidade. No entanto, mesmo com as chuvas, o momento ainda pede consumo de água com cautela. “As recentes chuvas contribuíram para o aumento das vazões dos rios que estão retornando à normalidade. Ainda é cedo para afirmar que não existe mais crise. A Agerh vai continuar monitorando e o Cenário de Alerta continua. A população deve continuar utilizando a água com racionalidade”, informou a agência à Rádio Pomerana.

A Represa Rio Bonito opera com 65% da capacidade, um aumento de 43% comparado ao mês de outubro, quando a represa chegou a apenas 22% do volume de água represada. Com isso, o atual volume de água da represa é quase 3 vezes maior que há 3 meses. “A usina tem a sua operação em regime normal, atendendo ao protocolo de cooperação firmado com a AGERH. Como as vazões retornaram aos patamares médios da MLT (média de longo termo), estamos na cota 646,09m o que representa 65% do Volume do reservatório da PCH Rio Bonito”, informou a EDP, procurada pela emissora.

De acordo com a Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan), a quantidade de chuva dos últimos 30 dias ainda requer atenção da empresa. “Os mananciais estão respondendo às chuvas ocorridas e retornando devagar a uma normalidade esperada, porém, nenhuma ação está descartada, sendo necessário um período maior para análise”, comunicou

LEIA TAMBÉM: Com chuva, Represa Rio Bonito sobe de 28 para 38% e irrigação volta a ser permitida em todo o ES

Compartilhar: